Agora sim fico descansada: Cantos na Maré

Desculpem lá, mas não fiquei tranquila com isso de falar do Cantos na Maré só em espanhol. Um evento tão absolutamente lusófono como este, não podia deixar de louvá-lo na língua chave: o português.
Cantos na Maré é um festival de música, é uma cita imperdível nas agendas dos amantes da música e da cultura lusófona, que já vai pela nona edição e promete uma festa especial para a sua décima edição.

O evento foi impecável, conduzido pela cantora galega Uxia, a quem lhe choveram elogios de todos os artistas que pelo palco passaram.
Pelo palco, como digo, passaram vários artistas, grandes vozes e grandes músicos, com diferentes sotaques e uma chave mestre para os ligar a todos, a lusofonia. Xoán Curiel foi o representante do sotaque galego, Socoro Lira do brasilero, Mayra Andrade do caboverdiano e Carlos do Carmo do português.
O serão esteve cheio de momentos emocionantes, mas por relembrar algum, o encontro e partilha de Mayra Andrade e Carlos do Carmo, puxou dos sentimentos de mais de um. Uxia com os Alalalás levou-nos para o estado de revolta. As dedicatórias a Isaac Díaz Pardo e a Cesária Évora tocaram muitos corações. Os momentos divertidos vieram da espontaneidade do Carlos do Carmo com o Fado Lisboa, menina e moça sambado, ou com o fim do mundo cantado por Xoán Curiel e Sérgio Tannus, ou com o trabalínguas brasileiro do coco partilhado entre Xoán Curiel, Uxia, Socorro Lira, Paulo Silva e Sérgio Tannus. Socorro Lira foi também quem poetizou a amizade do Brasil e da Galiza numa bela música, Samba da Galiza (que podem ouvir no vídeo no fim do post).
São milhões de pessoas que partilham uma língua dentro e fora de países lusófonos, eu digo: o português está na moda, seja ele da Galiza, do Brasil, da Guiné, de Angola, de Moçambique, de São Tomé e Príncipe, de Cabo Verde, de Timor ou de Macau…
Esta diversidade faz a língua ser um fio para a cultura rico em experiências e forte.
E daqui a um ano, teremos mais um Cantos na Maré e nele, novamente, ficará comprovado que há muita malta a apoiar, lutar e desfrutar da sua língua.
Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s